Pular para o conteúdo principal

O que eu estou lendo agora?- 'Deixe-me ler o seu pensamento?'

Uma história totalmente 'anos 80', 'Deixe-me ler o seu pensamento?' é uma das melhores HQS que já li
POR MATHEUS FERNANDES, VOTUPORANGA-SP


História foi publicada na edição acima. (Foto: Reprodução)

Hoje, a coluna chega a sua 4ª edição, e vamos falar sobre a história 'Deixe-me ler o seu pensamento?'. (Almanaque da Mônica #33,  Maio de 2012.)
O gibi deixou muitos colecionadores empolgados, foi considerada uma das melhores edições de todos os tempos, por conta da maioria das histórias serem bem antigas, coisa que a MSP não adota há muito tempo.
Pois bem, então comecemos a falar sobre esse gibi.

A história que abre a edição é "Deixe-me ler o seu pensamento?". (Spoilers) Primeiramente, há uma fada-madrinha recém-diplomada. Mônica está apaixonada por Marquinhos, que corresponde a esse amor, mas é tímido de doer. Mônica briga com Magali por ele. Bem baixinho, a gorducha diz que gostaria de ler pensamentos. Uma fada vem e escuta seu pedido, e, logicamente, o realiza. Chega Cebolinha e Cascão dizendo oi para Mônica, que diz ter uma alucinação. Cebolinha pensa vários xingamentos contra Mônica. A dentuça percebe.  Ele acaba apanhando. Ele diz que só pensou. Sei.. Já o Cascão, burro como tal, ao perceber a situação, pensa mais um plano infalível contra Mônica, e apanha juntamente com Cebolinha (naquela época o companheirismo predominava). Resumindo: Mônica escuta os pensamentos de todos os meninos e em cada um mete uma porrada. Mas, o lado bom é que, ela escutou o pensamento de um ladrão, que desejava dar um golpe em um banco. Ela avisa o segurança, que manda o ladrão ir embora do banco e manter-se distante do mesmo. Por causa de sua boca grande, acaba sequestrada. A razão: o rapaz poderia descobrir vários segredos de estado. Pois bem. Mônica, obviamente, fica apavorada com a situação e, graças ao seu dom anormal, escuta o prensamento de Magali e pede ajuda: "Magali!!! Me ajuda!". Mônica diz para a comilona entrar no barracão e pegar a chave que está em cima da mesa, sem fazer barulho. Magali dá conta do recado e liberta sua amiga. Voltando ao Marquinhos, Mônica diz que agora que saiu da prisão, pode saber realmente se Marquinhos gosta dela. Só que, de repente, aparece uma multidão e sobrecarrega a cabeça da gorducha. Por fim, a fada-madrinha suprema descobre tudo e manda a fada recém diplomada a desfazer o encanto. "VocÊ permitiu que uma mortal pudesse ler pensamentos?", disse a suprema. O efeito é desfeito (rimou! ueba!) e, quando a dentuça estava perto de Marquinhos, acaba seus poderes. Finalizando, ela tenta ler os pensamentos e não consegue. Marquinhos cansa de esperar e vai embora. Mônica também. No final, Marquinhos pensa: "[...]Um dia, perco a timidez e me declaro pra Mônica. [...] Ah! Se eu pudesse ler os pensamentos". Que final dramático...

Comentários

  1. Uma HQ bem bacana com paquera e ação que certamente você não verá tão cedo. Ainda bem que nem tudo está perdido e ao mesmo a gente tem essas opções para nos divertir.

    E o resto da revista, como está? O problema com muitos almanaques antigos era que normalmente só uma ou duas histórias eram realmente boas. As outras estavam ali só para encher linguiça. Os almanaques dessa fase da editora Panini, alguns estão me chamando mais a atenção.

    Abraços. Fabiano Caldeira.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Fabiano, o resto do gibi está igual a primeira história, sempre engraçadas e divertidas.

      Excluir

Postar um comentário

O Quadrinhada não se responsabiliza pelos comentários aqui publicados. Qualquer informação expressa é de total responsabilidade do autor. Comentários com palavrões serão excluídos.

EM ALTA NA SEMANA

Gibiteca nº13: Turma da Mônica nº 78, e o Parque?

Olá pessoal. Neste domingo (14), daremos continuidade a nossa gibiteca, que nesta postagem falará sobre a revista: Turma da Mônica nº 78, antigo Parque da Mônica.



Porém antes resolvi falar um pouquinho sobre o antigo Parque da Mônica,que funcionou entre os anos de 1993 a 2010, que ficava localizado em São Paulo, no Shopping Eldorado:

"A atração que envolvia os personagens da Turma da Mônica fez tanto sucesso nos anos 90, que acabaram até lançando uma revista em quadrinhos chamada: Revista Parque da Mônica, no qual trazia sempre uma aventura envolvendo a turminha no parque, ou mostrando as novidades entre os brinquedos, peças teatrais, shows."

Em junho de 2013 chegava nas bancas de todo o país a revista Turma da Mônica nº 78, que trazia as seguintes histórias:

Mágicas Do Contra - no qual o personagem Do Contra resolve entrar no ramo da magica, envolvendo os personagens Mônica, Cebolinha e Cascão.

Não consigo dormir - nesta aventura o Anjinho faz de tudo pra conseguir um local p…

Gibiteca nº 4: "A era quinzenal anos 90 da TM" - Parte 1

LUCIANO SILVA DA CRUZ


Olá pessoal. Neste domingo(12) iremos falar sobre os seguintes gibis:


Chico Bento nº 83 - Editora Globo / (Mar-90);



As 100 edições da Mônica na Panini

Desde janeiro de 2007, os gibis da Turma vem sendo publicados pela editora italiana Panini. O contrato vai até 2020, por enquanto. É uma parceria boa, porque se olharmos em qualidade de impressão, a Panini é a melhor das editoras que já publicaram as revistas da TM.  Nesta série do Quadrinhada, abordaremos as 100 edições de cada um dos personagens.

Mônica - A PRIMEIRA EDIÇÃO


Como foi a primeira edição: a revista da Monica de número 1 na Panini foi publicada em janeiro de 2007, com 84 páginas e por R$3,90. Todas as revistas de nº1 tinham o selo "Edição de lançamento", além de um frontispício sobre a mudança de editora. A capa da revista tem Monica e Cebolinha brincando, além do Bidu observando.

A revista traz as seguintes histórias: Lei de Murphy (18 páginas) Na praia (3 páginas) Monicão e o ciumão (9 páginas)Coleções (6 páginas)Tirando fotos (3 páginas)História sem título da Monica (2 páginas)Tudo?! Ou nada?! (4 páginas)Cuidado (3 páginas)História de uma página do PenadinhoAlé…