Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens de Janeiro, 2014

Dia Nacional dos Quadrinhos: profissionais apostam em histórias na internet

DO BOL


Em 30 de janeiro, o Brasil comemora o Dia Nacional dos Quadrinhos, arte que está ganhando força no país com o surgimento de novas opções de leitura online. A reportagem do BOL conversou com Fábio Yabu e André Diniz, quadrinistas que usam a internet como veículo de publicação, e mostra que o cenário é otimista para quem está disposto a fazer boas histórias online. Pioneiro no Brasil Fábio Yabu, 33 anos, se define atualmente como escritor. Ele foi um dos primeiros a apostar na web como ferramenta para publicar suas histórias em quadrinhos. Em 1998, criou o site Combo Rangers, série em quadrinhos inspirada em super-heróis japoneses e feita exclusivamente para a web. "Na época era a única opção. Eu tinha 17 anos e nenhum contato com editoras, então arrisquei no formato online e, para minha surpresa, o site foi um sucesso", conta. Depois de quatro anos, em 2002, o Combo Rangers chegou a receber mais de 15 mil acessos por dia em uma época em que poucos brasileiros tinham intern…

Para quem mora no Grande ABC, que tal uma exposição sobre quadrinhos?

DO DIÁRIO DO GRANDE ABC

Celebrar a arte dos quadrinhos e reunir diferentes gerações de talentos. É com esse espírito que o quadrinista e artista visual Gau Ferreira resolveu agitar a programação cultural de Diadema no início do ano. Aproveitando as férias, ele montou a exposição Diadema – 50 X Quadrinhos!, em cartaz no Museu de Arte Popular da cidade e aberto a todo o público com entrada franca.
A mostra temática reúne trabalhos de dezenas de ex-alunos das oficinas de quadrinhos do município ministradas por Ferreira desde 1996, além de contar com obras de aulas desenvolvidas nas unidades do Sesc. “Minha ideia como professor é tentar deixar esse conceito de ‘desenho de gaveta’, aquele que ninguém vê, de lado. Quero que os alunos saibam que é possível trabalhar no mercado. O quadrinho brasileiro está muito em alta e temos de aproveitar o momento”, diz o organizador. Também há espaço para desenhos de 13 cartunistas e ilustradores já mais veteranos do Grande ABC e de São Paulo. Nomes como I…

'O Estado de S. Paulo' lança concurso para comemorar os 145 anos dos quadrinhos

MATHEUS FERNANDES


O jornal 'O Estado de S. Paulo' lançou hoje (27) um concurso popular para definir o 'quadrinho preferido' dos leitores. Tudo isso tem uma explicação: na próxima quinta-feira (30) é comemorado os 145 anos dos quadrinhos do Brasil- o Dia Nacional dos Quadrinhos-, quando o gibi As aventuras de Nhô Quim foi lançado, em 1869, na Revista Vida Fluminense, com desenhos deÂngelo Agostini.

Pra participar, é necessário ter login no Facebook ou Instagram. 

Participe clicando aqui.

Gibiteca nº29: A dança do bumbum

LUCIANO SILVA DA CRUZ

Olá pessoal. Neste sábado (25), a nossa gibiteca retornará um pouco ao passado através desta HQ publicada em Mônica nº 129 em Setembro de 1997.



A história "A dança do bumbum", começa com o Cebolinha ouvindo uma música que vinha da casa da Mônica, ao chegar ele se depara com ela dançando a dança do bumbum, grande sucesso dos anos 90 com o grupo "È o tchan".

Atualmente, seria quase impossível eles republicarem esta história novamente, já que durante a HQ a Mônica rebola ao som da música, mas voltando a história, após ver a Mônica dançando o Cebolinha resolve bolar um plano, tendo a ideia de colocar uma minhoca no vestido dela, porém a minhoca acaba caindo no calção dele e ele acaba rebolando melhor que a Mônica, já no final um fato interessante ocorre pois a Mônica acaba encontrando as ex dançarinas do é o tchan Carla Perez e Débora Brasil, que perguntam para ela se o Cebolinha poderia ensinar para elas uns novos passos de dança.

Curiosidade: na …

ESPECIAL: no aniversário de SP, tem exposição de Paulo Caruso

Arte/ Quadrinhada
DO QUADRINHADA

O Quadrinhada traz aos paulistanos de plantão uma reportagem especial para quem curtir o aniversário de São Paulo (que completa 460 anos no dia 25).  

Uma das dicas vai para a exposição de Paulo Caruso (foto acima)- chargista e cartunista- que tem início neste sábado. A Galeria Ornitorrinco, localizada na Avenida Pompéia, 520, será aberta às 18h para quem vai conferir a exposição. 

Galeria Ornitorrinco, idealizada pelos ilustradores Mauro Souza e Marcio Guerra, foi inaugurada em 5 de dezembro do ano passado e é a primeira galeria de ilustrações do Brasil. O local organizará exposições regulares, com 30 a 60 dias de duração, assim como cursos e workshops.

Evento em Aracaju distribui gibis da Turma da Mônica

DO QUADRINHADA*

O Shopping Jardins, de Aracaju, vai realizar, nos dias 25 e 26 de janeiro, o "Verão Jardins". A novidade para este ano é que haverá distribuição gratuita de gibis da Turma da Mônica nos bares da praia de Aruana, restaurantes da orla de Atalaia e os principais restaurantes do bairro Treze de Julho, em Aracaju (SE). Além das revistas em quadrinhos, os baixinhos receberão material explicativo sobre a importância da leitura e desenhos para colorir. Os panfletos são impressos em papel semente que, quando cultivados conforme as recomendações, semeiam lindas plantinhas e contribuem para um planeta melhor e mais sustentável. (*Com informaçoes da Assessoria de Imprensa do Shopping Jardins)

O que a MSP vai trazer ao público juvenil em janeiro

DO QUADRINHADA

A MSP divulgou nas últimas semanas as capas das revistas TMJ e Chico Moço. Na TMJ, teremos a continuação da história "A Brigada dos Ossos Cruzados". Já no Chico Moço, que está em seu sexto número, o destaque vai para "Mudanças". Veja as capas.

DETALHE: AS REVISTAS PASSARAM DE R$ 7,50 PARA R$7,90.

Leitura de gibis estimula imaginação e senso crítico

DO DIÁRIO DE MANAUS A leitura de histórias em quadrinhos, conhecidos nacionalmente como gibis, incentiva crianças e adultos para que o hábito se torne prática prática diária. Este é o caso de Paulo Guilherme Mattos Edwards, 11, estudante e atleta, do estudante do curso de Letras - Língua Portuguesa Jan Santos, 20, e do estudante de engenharia Renato Costa Oliveira, 20, que são apaixonados por boas histórias e também são colecionadores de gibis. De acordo com Bero Vidal, do Clube dos Quadrinheiros de Manaus, os gibis contribuem e sempre contribuíram para estimular o senso crítico dos leitores, fazendo com que os jovens adotassem sua leitura como hábito. Ele lembra ainda que os gibis eram tidos como literatura proibida nos anos 1960, quando o governo americano determinou que publicações fossem ‘caçadas’. “Eles acreditavam que os quadrinhos alienavam as pessoas e que tinham conteúdo perigoso. Lembro que na minha infância era proibido ler gibis nas escolas, as professoras confiscavam”, relemb…

Quadrinhopédia: Algumas considerações sobre Cebolinha 78

FABIANO CALDEIRA

Não me rotulo um real colecionador de gibis. Quando digo "minha coleção" ou qualquer termo parecido, é apenas para simplificar meu hábito de comprar e manter minhas revistas. Para mim, colecionador é aquele cara que não perde um número. Não é o meu caso, pois, se a revista não me interessa, não compro. Outras vezes acabo comprando porque sou influenciado por uma capa chamativa, um diferencial em determinado título. Muitas vezes acabo gostando da aquisição, mas há ocasiões em que infelizmente não vejo nada demais. É o caso da edição deste mês de Cebolinha, que trouxe uma bela capa, a aventura, porém, não tem um sentido de ser. Fiquei o tempo todo lendo e, quando dei por mim, chegou o fim. Ela ocupou vinte páginas de nada. Qual é a necessidade disso? O Astronauta (curiosamente, um personagem que não dou muita bola nessas novas publicações) foi quem demonstrou que é possível encontrar um bom momento de lazer nesta edição. Sua aventura vivenciada desta v…

Loja de decoração homenageia 50 anos da Turma da Mônica com coleção

DO PORTAL TERRA A Turma da Mônica comemora 50 anos e, para comemorar a data, a loja de móveis e decoração Tok&Stok lança uma linha vintage com produtos estampados com os personagens criados por Maurício de Sousa. Cascão, Cebolinha e Magali aparecem nas padronagens, que são basicamente uma releitura das primeiras tirinhas da turma em aspecto de papel jornal e nas cores bege e rosa. Voltado para o público infanto-juvenil, a coleção de produtos tem, entre outras peças, almofadas, lençóis, fronhas, toalhas, edredons, pufes, estojos, cadernetas, porta-retratos, luminárias e, como não poderia faltar, um porta-gibi.

Flávio Teixeira, desenhista da Turma da Mônica, visita Portugal

DO QUADRINHADA

Flávio Teixeira desenha e cria as histórias da Turma da Mônica há 23 anos. Nasceu no Brasil, mas os seus pais são portugueses, da Ilha da Madeira. Flávio e seus pais emigraram ao Brasil na década de 50.

Esta manhã, o roteirista esteve na Escola Básica do 2.º e 3.º Ciclos do Caniço, em Portugal, para falar da sua profissão e dos personagens que povoam o imaginário de milhões de crianças e jovens não só no Brasil, mas também em Portugal.


Flávio Teixeira contou que a sua vinda à Madeira foi sobretudo para visitar a família e que o convite para falar com os alunos  foi feito por uma familiar que trabalha naquela escola.

Aos estudantes, o homem que dá vida aos personagens de Maurício de Sousa, deu alguns exemplos dos trabalhos que faz e passou a mensagem que este tipo de trabalho só resulta quando "se tem paixão pelo que se faz".


Flávio Teixeira falou ainda das várias coleções já realizadas por si, como por exemplo, do casamento da Mônica com o Cebolinha - que, só no Br…

Escola da Turma da Monica na Bahia é autuada

DO BAHIA NOTÍCIAS

Em mais um dia de fiscalização da "Operação Escola", realizada nesta segunda-feira (13), o Procon-BA autuou cinco instituições de ensino localizadas no bairro do Imbuí. São elas: Espaço Construir, Escola Turma da Mônica, Colégio Vilas, Escola Sainte Odile e Escola Chave do Tamanho. A Escola Pirilampo, localizada no bairro do Imbuí, também foi fiscalizada e não apresentou irregularidades. Dentre os problemas constatados pelos fiscais do órgão constam a solicitação de declaração de quitação para realização da matrícula, a ausência de exemplar do Código de Defesa do Consumidor (CDC) em local visível e de fácil acesso, a exigência de todo material escolar no início do ano letivo e a solicitação de material excessivo para utilização pedagógica. “As escolas que apresentaram irregularidades terão o prazo de 10 dias para apresentarem defesa, sendo reservado o direito à ampla defesa e ao contraditório”, ressaltou o superintendente do órgão, Ricardo Maurício Freire So…

O adeus de Moacy Cirne

DA TRIBUNA DO NORTE

Morreu neste sábado (11), aos 70 anos, por volta das 13 horas, no Hospital da Unimed, em Natal, o poeta, artista visual e professor Moacy Cirne, considerado o maior estudioso brasileiro das histórias em quadrinhos e um dos fundadores do movimento que ficou conhecido como Poema/Processo. O corpo será velado hoje a partir das 20h no Centro de Velório do Morada da Paz, na Rua São José, bairro Lagoa Seca. O sepultamento ocorrerá em Caicó, onde o escritor nasceu. O horário ainda está sendo definido.


Moacy Cirne contesta edição da global editora sobre obra de cascudo
Conhecido por sua paixão pelos quadrinhos e pelo time do Fluminense, Moacy sofreu uma parada cardíaca pouco tempo depois de passar por um procedimento cirúrgico. O poeta ainda ficou em coma induzido, mas não resistiu, afirmou seu enteado. Ele havia descoberto um câncer no fígado recentemente. 

Moacy nasceu em São José do Seridó/Jardim do Seridó, em 1943 e é considerado referência até hoje quando se trata de Hist…

Gibiteca nº28: HQ Bonecões muito animados...

LUCIANO SILVA DA CRUZ

Olá pessoal. Neste sábado(11), com a nossa primeira gibiteca de 2014, eu resolvi diferenciar um pouco as postagens para que elas se tornem mais específicas e divertidas em alguns aspectos.

A revista desta semana é o gibi Revista Parque da Mônica nº 69 de setembro de 1998.



A história de abertura "Bonecões muito animados..." é uma das primeiras histórias com a turma que se passavam no recém inaugurado parque de Curitiba, em 16 de julho de 98, cujas informações da inauguração constaram na Revista Parque da Mônica nº 70 de outubro de 1998.
Nesta história após um cineasta japonês reparar que o Franjinha adora construir maquinas, ela pede a ajuda do garoto pra criar monstro para o seu novo filme, porém com a coelhada que o Cebolinha recebe logo em sequencia da Mônica o aparelho acaba se desregulando e transformando os bonecos gigantes da turma que faziam parte do parque em monstros que resolvem atacar os principais pontos de Curitiba como: Palácio Avenida, no …

Revistas da TM de janeiro chegam com aumento

Do Quadrinhada

2014 chegou. E os aumentos também. As revistas Cebolinha, Cascão, Magali, Chico Bento, Ronaldinho, Neymar, Turma da Monica passaram de R$3,50 para R$3,90. Graças ao bom senso, a Panini decidiu manter o preço da revista Monica e os almanaques em R$4,90. Veja as capas:










Quadrinhopédia: A SOMBRA DA MÔNICA

POR FABIANO CALDEIRA/ ESPECIAL PARA O QUADRINHADA

A Coleção Histórica da Turma da Mônica é o que de melhor termos em questão de histórias produtivas ao nosso lazer; isso deve-se ao fato de que somos marmanjos com bastante idade e essas tramas, ainda que em seu universo ingênuo de crianças, possuem uma certa genialidade.
Em "A SOMBRA", Mônica conversa com Magali sobre não conseguir brincar de fazer figuras com a sua sombra. A sombra, longe do alcance das duas, então se irrita porque se sentiu desqualificada e resolve ir passear por aí pra "tomar um ar". 
No decorrer da trama, ela vai encontrando com os personagens da turma e eles chegam a pensar mesmo que trata-se da Mônica. Foi engraçada a felicidade do Cascão que pensou que ela tivesse aderido à sujeira simplesmente porque ela estava toda negra. 
Quando o mal entendido é desfeito, a rapaziada começam a pensar que a tal menina misteriosa deve ser alguém igual à Mônica e, com isso, procuram confrontar as duas. Acont…

Cartunistas recriam a personagem mais famosa de Mauricio de Sousa em novo livro

DO PORTAL IMPRENSA

Em meio à intensa busca de muitos pela juventude eterna, uma garota dentuça e gordinha guarda a sete chaves o segredo para esbanjar vigor aos 50 anos. Mônica, a personagem mais famosa do cartunista Mauricio de Sousa, acaba de completar meio século de vida. E, para celebrar o momento, ganhou um livro em que 150 dos mais renomados artistas gráficos do mundo a recriam.
“M?nica(s)”, publicado pela editora Panini, traz autores do Brasil, Estados Unidos, Itália, Portugal e Argentina, mesclando nomes já consagrados, como Fernando Gonsales, Guido Crepax e Milo Manara, a outros que começam a trilhar suas carreiras. como Vivian Mota. A paulistana ficou conhecida com a série “Sampa versus Buenos”, em que contrapõe símbolos da cultura paulista e portenha, como a personagem Mafalda, do cartunista Quino, e a própria Mônica.
“Assim como muita gente, aprendi a ler e a desenhar com os quadrinhos do Mauricio de Sousa. Ainda guardo as revistinhas número 1 e 2 da ‘Turma da Mônica’ em casa…

Chico Bento 73 é eleito o gibi do ano

No concurso "Melhores do Ano", elaborado pelo Quadrinhada, a revista Chico Bento 73 sagrou-se o melhor gibi de 2013. Em um ano que a Monica era o foco para a MSP, os leitores mostraram que 'nem ligam' para isso- os dois gibis especiais publicados pela editora em 2013 (ed. 75 e 81) sequer passaram da primeira fase.
A revista traz uma história de 8 páginas: "Um repente, nao mais que de repente". Veja a capa ao lado.