https://www.google.com/adsense/new/u/0/pub-4945361209107322/home Quadrinhopédia: Almanaque do Cebolinha 36 ~ Quadrinhada

Quadrinhopédia: Almanaque do Cebolinha 36


Esta edição do Almanaque do Cebolinha 36 abre com uma história intitulada "QUEM ESTÁ NA FRENTE, MESMO?". Nada mais é do que uma corrida de carrinhos imaginários, pois a real é que Cebolinha e Cascão estão em caixas de papelão. O objetivo talvez seja mostrar como a infância às vezes nos dá esse prazer de imaginar. Um simples objeto vira um brinquedo. Tenho notado esse aspecto frequentemente nas histórias do Cascão, pois o personagem possui essa grande imaginação. Abrir um almanaque do Cebolinha com um conteúdo desse, foi novidade pra mim.

Entre as demais histórias, o que posso destacar? "SÓ UM, VAI?", mostra novamente um lado bastante criança de pedir as coisas que estão à venda. Cebolinha insiste em ganhar uma cocada, a qualquer preço. Em "SEM PALAVRAS", Cebolinha quer ser um escritor, mas não encontra inspiração. Cascão aparece para dar uma mãozinha e as coisas mudam de foco. O auge da canastrice dessas histórias anos 90 está em "QUANDO A PIADA NÃO AGRADA", onde Cebolinha quer fazer os outros rirem, mas não consegue. Eis aí uma bela sequência de histórias meio sem graça que colocaram no almanaque. Nunca gostei do teor dessas tramas assim tão simplistas, não importa a época ou a editora. Estar com uma revista assim nas mãos sempre me causava uma certa sensação de arrependimento. Sem falar que, em todas essas citadas, os traços não me agradaram nenhum pouco.

Tratando-se de um almanaque, há ainda várias páginas e algumas certamente são mais aproveitáveis. Do que eu gostei? "VIDA DE ARTISTA" mostra Piteco e Thuga. Piteco desabafa que não consegue desenhar nada na parede de sua caverna. Thuga aconselha-o a sair um pouco, viver o dia, assim terá coisas a contar. Está aí um trama interessante que brinca com a história da arte primitiva no mundo. "RODINHA DIFERENTE", ao ver Cascão brincando com uma rodinha - dessas de carrinho de feira - Cebolinha vai atrás de conseguir uma e tudo o que dele arruma é a auréola do Anjinho. Tudo parece ir bem quando, ao brincar, ele consegue a proeza de deixá-la cair em um bueiro. O Anjinho aparece e tudo fica mais interessante. Astronauta aparece em uma HQ sem título, que brinca com as estrelas famosas, grandes ícones atemporais que se foram e ele os encontra em algum lugar do espaço. Várias referências aparecem como, por exemplo, cantando e dançando na chuva, o gordo e o magro, Cleópatra etc. A aparição que mais gostei foi a da Marilyn Monroe em sua histórica cena do vestido que se levanta.

Ainda há várias outras tramas recheando o almanaque. Tem uma com o Sr. Cebola que, apesar de simples, é bacana. Há também o Bidu, que resolve aprontar em casa. Outra em que o Cebolinha ganha uma cabeleira, tem o Rolo também... enfim, há diversas histórias bastante razoáveis recheando esta edição. 


Abraços a todos.

Fabiano Caldeira.

O OLHAR DO LEITOR VOLTA NO DIA 09/01/2014, DEVIDO ÀS FESTIVIDADES DE FIM DE ANO. A COLUNA 'GIBITECA' VOLTA APENAS NO DIA 11/01/2014.


0 comentário "Quadrinhopédia: Almanaque do Cebolinha 36"

Postar um comentário

O Quadrinhada não se responsabiliza pelos comentários aqui publicados. Qualquer informação expressa é de total responsabilidade do autor. Comentários com palavrões serão excluídos.

Obrigado por seus comentários