Pular para o conteúdo principal

Quadrinhopédia: Cascão subindo pelas paredes e outras histórias

Em "Subindo pelas Paredes", Mônica quer bater em Cascão e, por uma coincidência do acaso, ele descobre que ela desistiu de pegá-lo porque ele fez alguns movimentos parecendo-se com uma lagartixa. O menino, sem saber parar enquanto a sorte estava ao seu lado, começou a usar esse artifício para provocar ainda mais a dentuça enfezada, a ponto de se disfarçar de lagartixa gigante e ficar andando na parede do quarto dela. Esse Cascão! 

Uma das histórias mais engraçadas dessa revista do Cascão 23 - Coleção Histórica. Até mesmo é mais engraçada do que a de abertura  -"Chovinista Ciumento" - que já foca no lado mais sentimental da coisa do que na graça. 

Outra HQ nesse nível bom de humor que não vemos mais atualmente é "O BICHINHO MAIS FOFO DO MUNDO", que fecha esta edição. Só pelo título já dá para abrir um sorrisinho malicioso, pois é sinal de que vem gozação aí. Dito e feito! Na trama, Cascão se apega a um animal que não é lindo e nem fofo, mas ele quer, a todo custo, tratá-lo igual a um bichinho de estimação. Várias situações de conflito são geradas por conta do então "bichinho fofo" - a mãe dele desmaia, o pai leva um baita susto e, para piorar, a Mônica ainda bate no Cascão, após ela ficar sabendo que ele colocou o animalzinho intencionalmente em seu carrinho de bonecas. 

Temos um final coerente com a realidade do bicho que nem tinha tanto apego assim pelo esforço do Cascão. 

Uma curtinha, mas que também gostei muito foi a do Penadinho. Ele e um outro amigo fantasma conversam sobre a Lua e então Penadinho fala da influência da Lua nas marés e nas ações das pessoas. Não tem muito a ser explorado, é quase uma tirinha de tão simples, mas é um momento gostoso com uma quadrinização diferenciada do resto da revista, onde os quadros são maiores e há bastante espaço pra os personagens.

Ainda há mais tramas curtas como "O Velho Truque da Balinha de Tinta", "Quem Vem Lá", "Catando Moeda". Essas da qual falei a respeito foram as que mais gostei.

Abraços a todos.

Fabiano Caldeira.







Comentários

  1. Ah, tempo em que essas revistas eram, no mínimo, ótimas... Tenha essa CHTM.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Que não tiver, não sabe o que está perdendo.

      Excluir

Postar um comentário

O Quadrinhada não se responsabiliza pelos comentários aqui publicados. Qualquer informação expressa é de total responsabilidade do autor. Comentários com palavrões serão excluídos.

EM ALTA NA SEMANA

Gibiteca nº13: Turma da Mônica nº 78, e o Parque?

Olá pessoal. Neste domingo (14), daremos continuidade a nossa gibiteca, que nesta postagem falará sobre a revista: Turma da Mônica nº 78, antigo Parque da Mônica.



Porém antes resolvi falar um pouquinho sobre o antigo Parque da Mônica,que funcionou entre os anos de 1993 a 2010, que ficava localizado em São Paulo, no Shopping Eldorado:

"A atração que envolvia os personagens da Turma da Mônica fez tanto sucesso nos anos 90, que acabaram até lançando uma revista em quadrinhos chamada: Revista Parque da Mônica, no qual trazia sempre uma aventura envolvendo a turminha no parque, ou mostrando as novidades entre os brinquedos, peças teatrais, shows."

Em junho de 2013 chegava nas bancas de todo o país a revista Turma da Mônica nº 78, que trazia as seguintes histórias:

Mágicas Do Contra - no qual o personagem Do Contra resolve entrar no ramo da magica, envolvendo os personagens Mônica, Cebolinha e Cascão.

Não consigo dormir - nesta aventura o Anjinho faz de tudo pra conseguir um local p…

Checklist Turma da Mônica - fevereiro/2018

O site da Comix divulgou as capas dos gibis da TM para fevereiro/2018, abaixo reproduzidas. Confira:

Mônica 34: “Meu canal na internet” 
Roteiro: Carlos Estefan


Cebolinha 34: “Os incríveis poderes de um super-herói” Roteiro: Paulo Back

Gibiteca nº17: Cebolinha nº 79 é o Escolhido...

Olá pessoal. Neste domingo (28), continuaremos com a nossa caminhada através da nossa gibiteca, que nesta postagem falara sobre a Revista Cebolinha nº 79, que está atualmente nas bancas, custando R$ 3,50.


A revista é composta pelas seguintes aventuras:

O escolhido - onde o Cebolinha encontra um anel que tem como poder, um desejo muito estranho, o que deve ser?

Torcicolo - Titi fica com dor no pescoço depois de olhar rápido para uma, porém ele não vai ser o único a se machucar no final, quem será que vai se machucar também?

A porta - Cebolinha e sua imaginação novamente impedida pela Mônica e suas travessuras.

Mônica e o boi e seu vestido vermelho (história de uma página) - Gostei da cara do Boi nos três quadrinhos.

A pedra que não estava lá - onde Bidu e o Zé Esquecido tentam descobrir como a Dona Pedra sumiu da história.

Irmão - história muito boa, pois meu mostra a turma como irmãos e não apenas como amigos.

Perto da natureza - onde o Papa Capim mostra porque devemos cuidar da natureza.

O…