Pular para o conteúdo principal

Gibiteca nº28: HQ Bonecões muito animados...

LUCIANO SILVA DA CRUZ

Olá pessoal. Neste sábado(11), com a nossa primeira gibiteca de 2014, eu resolvi diferenciar um pouco as postagens para que elas se tornem mais específicas e divertidas em alguns aspectos.

A revista desta semana é o gibi Revista Parque da Mônica nº 69 de setembro de 1998.



A história de abertura "Bonecões muito animados..." é uma das primeiras histórias com a turma que se passavam no recém inaugurado parque de Curitiba, em 16 de julho de 98, cujas informações da inauguração constaram na Revista Parque da Mônica nº 70 de outubro de 1998.

Nesta história após um cineasta japonês reparar que o Franjinha adora construir maquinas, ela pede a ajuda do garoto pra criar monstro para o seu novo filme, porém com a coelhada que o Cebolinha recebe logo em sequencia da Mônica o aparelho acaba se desregulando e transformando os bonecos gigantes da turma que faziam parte do parque em monstros que resolvem atacar os principais pontos de Curitiba como: Palácio Avenida, no Farol da cidade, Ópera de arame e a rua 24 horas, com a situação resolvida, e história termina com a Mônica correndo atrás do cineasta que acaba chamando ela de "Monizila".

Uma das propagandas da época foi a do picolé Frutilly da Kibon, que nesta ocasião trazia um picolé com gostinho de bala de framboesa, devia ser bom...




Comentários

  1. O Frutilly era mais gostoso. Hj, não é a mesma coisa.

    ResponderExcluir

Postar um comentário

O Quadrinhada não se responsabiliza pelos comentários aqui publicados. Qualquer informação expressa é de total responsabilidade do autor. Comentários com palavrões serão excluídos.

EM ALTA NA SEMANA

Jogo do Cascão: conheça a desenvolvedora que criou o game da Turma da Mônica

A desenvolvedora brasileira Insane Games aproveitou a onda dos jogos para redes sociais e hoje se especializou um aplicativos para celulares. A reportagem conversou com o empreendedor Diego Beltran (28), dono do negócio, e com o diretor de áudio Kauê Lemos (24) sobre o novo projeto da companhia: o Jogo do Cascão, em parceria com a Mauricio de Sousa Produções. Confira detalhes da criação na entrevista a seguir. Turma da Mônica é casual “Jogos para celulares são naturalmente mais casuais, porque são fáceis de se jogar enquanto está em uma fila de espera ou num elevador. Os personagens cartunescos do Mauricio de Sousa vestem este conceito como uma luva”, nos explicou Diego Beltran, o CEO que começou a curtir o Atari e o Nintendinho 8 bits quando ainda estava engatinhando. E o Jogo do Cascão não foi o primeiro de sua empresa, a Insane Games. O executivo falou um pouco do primeiro jogo envolvendo os personagens de um dos quadrinhos brasileiros mais consumidos no país: “O primeiro game desta s…

Os 10 anos do Doutor Spam (e Professor Spada)

Há exatos 10 anos, circulava, pelas bancas do Brasil, a revista Mônica #233, ainda na Editora Globo. Nela, ocorreu a estreia do Professor Spada, um professor de informática que tinha um alter-ego: quando ficava muito nervoso, ele se transformava no Doutor Spam, um vilão que sonha em dominar o mundo por meio da informática.

Em sua HQ de estreia (A incrível história do Professor Spada e do Doutor Spam,que já foi republicada em Almanaque da Mônica #29, Panini), o professor é chamado para instalar um computador no quarto de Mônica. Por engano, ela joga o coelhinho no Cebolinha, que acaba acertando o Professor, fazendo com que ele levasse um choque e se transformasse no Doutor Spam, prendendo a turma em sistemas de computador. Só são salvos graças à Bloguinho, que, por meio de um programa anti-spam, faz o vilão voltar a ser o pacato professor de informática.

Professor Spada e seu alter-ego continuam aparecendo nas HQs atuais da TM. Sua última aparição foi em Turma da Mônica #4, publicada …

Gibiteca n° 52: Ghost de Cebolinha (CB #83, Editora Globo)

MATÉRIA POR Luciano Silva
IMAGENS: Internet e Luciano Silva

Depois de um longo período de quase 3 meses fora do ar, a nossa "Gibiteca" está de volta, e nesta postagem será feito uma analise da historia "Ghost de Cebolinha ", que saiu na revista do Cebolinha # 83, em Novembro de 1993, custando "Cr$ 200,00" (equivalente a R$5,45 na moeda corrente atual), pela Editora Globo.
Foto do exemplar:


"Imagem retirada da internet" A história começa com a tradicional perseguição entre a Mônica e o Cebolinha por causa do Sansão, porém nessa vez, quando ela jogou o Sansão em direção ao Cebolinha, o coelhinho dela acaba acertando e derrubando o Cebolinha de um barranco. A partir daí o inesperado acontece, pois ele acaba virando um fantasma, e surge a visita da personagem Dona Morte da Turma do Penadinho, que quer levar o Cebolinha embora com ela. 


No meio da história, a Dona Morte leva o Cebolinha para conhecer de passagem o Inferno e o Céu, pois o personagem aind…