Pular para o conteúdo principal

'Mônica Parade' chega ao Rio com estátuas estilizadas da personagem

Há 50 anos divertindo leitores jovens e adultos, a personagem baixinha, gorducha e dentuça do cartunista Mauricio de Sousa foi homenageada em 2013 com a Mônica Parade. Depois de São Paulo e Belo Horizonte, agora é a vez das esculturas da líder da turma de Cebolinha, Cascão e Magali darem o ar da graça no Rio de Janeiro.Mônica Parede chega ao Rio de Janeiro nesta quarta-feira (Foto: Isabela Marinho / G1)
Ao todo, 20 estátuas estilizadas da Mônica, feitas por artistas escolhidos pelo próprio criador da personagem, ficarão expostas no Parque Garota de Ipanema, no Arpoador, Zona Sul da cidade, a partir desta quarta-feira (16) até o dia 15 de agosto.
Exposição começa nesta quarta (16) e vai até 15 de agosto (Foto: Isabela Marinho / G1)
Ao todo, 20 estátuas estarão expostas no Arpoador, Zona Sul do Rio (Foto: Isabela Marinho / G1)Para a primeira exposição – espalhada pelas Zonas Sul, Leste e Oeste de São Paulo – foram criadas 50 versões da dona do coelho Sansão. Posteriormente, 30 delas foram a leilão cujo valor foi revertido para a Unicef.

As 20 estátuas restantes fizeram sucesso na Savassi, na capital mineira, e agora estão no Rio. Produzidas em fibra de vidro, têm 1,60m de altura e ficam sob uma base de 25cm, tornando-se uma estrutura com um 1,85m de altura.

As obras têm versões diferentes e foram customizadas por Maurício de Sousa e outros 49 artistas. Nomes como Ana Lage, Bruno Honda Leite, Paulo O'Meira, Renato Guedes, Tikka, Anita Kaufmann, entre outros, participaram da iniciativa.


Roubo em São Paulo
Uma das 50 esculturas foi furtada na Rua Oscar Freire, nos Jardins, em São Paulo, em novembro de 2013. A escultura, produzida pelo artista Lobo, foi colocada na altura do número 600 da Rua Oscar Freire, mas, horas depois, já não podia ser vista no local. A estátua foi encontrada pela Polícia Militar após denúncia anônima dois dias depois em Guarulhos, Região Metropolitana de São Paulo.

Comentários

EM ALTA NA SEMANA

Checklist Turma da Mônica - Janeiro/2018

A Panini divulgou as capas das principais revistas de Janeiro de 2018, com uma novidade nada agradável. As revistas Mônica, Cebolinha e almanaques passarão a custar R$6,00, e não mais R$5,50.  As revistas com 68 páginas terão seu valor reajustado de R$4,50 para R$5,00. Outras revistas também serão reajustadas. Vale lembrar que este é o terceiro aumento desde 2016.

Mônica 33: “Os quatro amigos ilhados” 
Roteiro: Emerson Abreu Mônica, Cascão, Cebolinha e Magali vão parar em uma ilha deserta e precisarão colaborar para poder voltar para casa.


Cebolinha 33: “Uma noite no cemitério” Roteiro: Emerson Abreu Cebolinha, Mônica e Cascão perseguem Monicão para dentro de um cemitério e acabam atravessando uma passagem que os leva a um mundo paralelo. 

Checklist Turma da Mônica - Julho/2015

atualizado em 20/07 10h12m

A página das Revistas da Turma da Mônica no Facebook se adiantou e divulgou algumas das capas e sinopses dos gibis de Julho/2015.


Capas caprichadíssimas, com destaque para Mônica, que traz de volta a personagem Soninha, Magali, com paródia ao filme Malévola e Chico Bento, em mais uma edição de aniversário.

O Almanaque do Louco está retornando as bancas, depois de ter uma interrupção. Sua última edição foi em ago/14, mas, o site da Comix divulgou a capa da revista como se fizesse parte do Checklist de Julho, sendo que o Almanaque é publicado em fevereiro e agosto. Resta aguardar até que o gibi chegue as bancas.
Veja abaixo as sinopses e capas:

As 100 edições do Cebolinha na Panini

Desde janeiro de 2007, os gibis da Turma vem sendo publicados pela editora italiana Panini. O contrato vai até 2020, por enquanto. É uma parceria boa, porque se olharmos em qualidade de impressão, a Panini é a melhor das editoras que já publicaram as revistas da TM.  Nesta série do Quadrinhada, abordaremos as 100 edições de cada um dos personagens.

CEBOLINHA - A PRIMEIRA EDIÇÃO  




Como foi a primeira edição: a revista do Cebolinha de número 1 na Panini foi publicada em janeiro de 2007, com 68 páginas e por R$2,90. Todas as revistas de nº1 tinham o selo "Edição de lançamento", além de um frontispício sobre a mudança de editora. A capa traz Xaveco e Cebolinha numa viagem pelos altos mares. A revista traz as seguintes histórias:


Dois pestes e um só plano infalível (17 páginas)Tirinha de duas páginas do CebolinhaQual é a cor da paz? (9 páginas)Big Rolo Brasil (12 páginas)Tirinha de uma página do CebolinhaRoupa nova (3 páginas)A vassoura, o formigueiro e a morsa voadora (12 páginas)