https://www.google.com/adsense/new/u/0/pub-4945361209107322/home As 100 edições da Mônica na Panini ~ Quadrinhada

As 100 edições da Mônica na Panini

Desde janeiro de 2007, os gibis da Turma vem sendo publicados pela editora italiana Panini. O contrato vai até 2020, por enquanto. É uma parceria boa, porque se olharmos em qualidade de impressão, a Panini é a melhor das editoras que já publicaram as revistas da TM. 
Imagem retirada da Internet.
Nesta série do Quadrinhada, abordaremos as 100 edições de cada um dos personagens.

Mônica - A PRIMEIRA EDIÇÃO


Frontispício anunciando a mudança de editora
Como foi a primeira edição: a revista da Monica de número 1 na Panini foi publicada em janeiro de 2007, com 84 páginas e por R$3,90. Todas as revistas de nº1 tinham o selo "Edição de lançamento", além de um frontispício sobre a mudança de editora. A capa da revista tem Monica e Cebolinha brincando, além do Bidu observando.


A revista traz as seguintes histórias:
  1. Lei de Murphy (18 páginas) 
  2. Na praia (3 páginas) 
  3. Monicão e o ciumão (9 páginas)
  4. Coleções (6 páginas)
  5. Tirando fotos (3 páginas)
  6. História sem título da Monica (2 páginas)
  7. Tudo?! Ou nada?! (4 páginas)
  8. Cuidado (3 páginas)
  9. História de uma página do Penadinho
  10. Além do olhar (6 páginas)
  11. História de uma página da Monica
  12. Assuntos secretos (12 páginas)
A primeira história da Monica na Panini, "Lei de Murphy"
A maior participação desta revista é, obviamente, a Monica, com 6 histórias (Lei de Murphy; Na praia; Monicão e o ciumão; Coleções; Tirinha de duas páginas; Tirinha de uma página), seguida por Marina (Tirando fotos), Horácio (Tudo?! Ou nada?!), Bidu (Cuidado), Penadinho (história de uma página), Turma da Mata (Além do olhar) e Tina (Assuntos Secretos), cada um com uma história.

"Tudo?! Ou nada?!"
História da Tina, "Assuntos Secretos"


























Histórias memoráveis na Panini

  • MN 01 (jan/07) - Lei de Murphy - a primeira história na Panini
  • MN 03 (mar/07) - Aniversário na Escola - esse gibi marca a estreia da Turma na escola, juntamente com o aniversário da Monica
  • MN 08 (ago/07) - Lendas da Jumenta Voadora - estreia da personagem Jumenta Voadora nos gibis, sendo usada posteriormente em várias outras edições 
  • MN 18 (jun/08) - Tikara e Keika chegam ao Limoeiro - no ano do centenário da imigração japonesa, a MSP introduziu os dois personagens japoneses nos gibis. Eles foram usados poucas vezes.
  • MN 29 (mai/09) - Barraco entre vizinhos -  continuação da história "Barraco Entre Famílias", de Cebolinha 211, de janeiro de 2004
  • MN 49 (jan/11) - A volta da boneca tenebrosa - 'desaparecida' desde Magali 307 (mar/01), a bonce tenebrosa volta ao bairro do Limoeiro, desta vez, num gibi da Monica
  • MN 50 (fev/11) - O mistério cinquentão - história sobre a 50ª edição do gibi na Panini
  • MN 54 (jun/11) - As 500 edições da Mônica - o gibi da dentuça completa 500 edições desde que teve sua primeira edição publicada, em 1970. As duas histórias do gibi foram alusivas as 500 edições, sendo considerada a melhor edição da Monica na Panini
  • MN 68 (ago/12) - Cada um na sua história - história que faz alusão ao jogo Super Mario
  • MN 75 (mar/13) - 7 coisas para se fazer antes dos 7 - essa revista teve 108 páginas, e contou com a republicação da primeira história da Monica desde que ela ganhou uma revista. Também teve capa metalizada.
  • MN 81 (set/13) - A origem do coelho amarelo - uma revista especial, com 108 páginas, teve uma HQ sobre a origem do coelho amarelo, a antiga cor do coelho da Monica
  • MN 82 (out/13) - Estrelas do Limoeiro - estreia de Claudia Leite como personagem
  • MN 85 (jan/14) - O gnomo do coelhinho - HQ sobre o gnomo do coelhinho, personagem do começo das revistas da Monica
  • MN 94 (out/14) - A festa do dia da jumenta voadora - marca a volta da jumenta voadora, desta vez em uma festa
  • MN 98 (fev/15) - O mistério da piramide - estreia do Faraó Faraofa nas HQs

Mônica - A CENTÉSIMA EDIÇÃO


Muita coisa mudou nos últimos 8 anos nas revistas: em 2007, a partir da terceira edição, os gibis passaram a trazer referência a história de abertura, como acontece até hoje. Em 2011, começaram a incluir traços digitalizados. Em 2013, entraram, pouco a pouco, as letras digitalizadas, assim como a maioria das revistas se tornaram digitalizadas, inclusive os desenhos. Na centésima edição da revista da Mônica, a capa fez alusão a história de abertura. Está nas bancas por R$4,90. Por dentro, temos as seguintes histórias:

  1. Mônica 100 (32 páginas)
  2. Pensamentos (1 página)
  3. Um pouquinho dali... um pouquinho daqui (2 páginas)
  4. Nas ondas da TV (10 páginas)
  5. Pedalando (5 páginas)
  6. Supercraque (6 páginas)
  7. Quem fez isso? (4 páginas)
  8. O caso do sumiço do coelho de pelúcia (9 páginas)

São 5 histórias da Mônica (Mônica 100; Pensamentos; Pedalando; Quem fez isso?; O caso do sumiço do coelho de pelúcia), uma do Astronauta (Nas ondas da TV), uma da Marina (Supercraque) e uma do Penadinho (Um pouquinho dali... um pouquinho daqui).

Essa edição não chega a ser ruim, mas não dá pra comparar com as primeiras edições da Panini, em que as histórias eram muito bem selecionadas, desenhadas e com ótimos roteiros. Hoje em dia, quando não é um roteiro ruim, é os desenhos, e vice-versa. Se bem que na maioria das vezes tanto o roteiro como os desenhos são ruins.

Espero que o número 100 traga um renovo na MSP. Tomara que, nas edições 101, possamos nos deparar com ótimos desenhos, sem tanta coisa digital. Vamos torcer para uma virada na MSP!!

2 Comentarios

O Quadrinhada não se responsabiliza pelos comentários aqui publicados. Qualquer informação expressa é de total responsabilidade do autor. Comentários com palavrões serão excluídos.

Obrigado por seus comentários