Pular para o conteúdo principal

Os Almanaques de nº49 (Parte 2 de 2)

Como vocês sabem, esse ano eu estou comprando todos os Almanaques. Há umas duas semanas eu terminei de comprar, e por isso estou postando a segunda parte desta série. Para ver a primeira parte, clique aqui.

Na outra postagem, falamos sobre os Almanaques da Monica, Cebolinha e Magali. Hoje, para finalizar, falaremos sobre os Almanaques do Cascão e do Chico Bento, todos de numeração 49, saindo por R$4,90 nas bancas.


ALMANAQUE DO CASCÃO 49
Esta revista é a 157º Almanaque do Cascão, considerando 12 da Abril, 96 da Globo e 49 da Panini. Tem 12 histórias, todas da década de 90. Inicia com a história Depois do banho, com 13 páginas, publicada inicialmente em CC 131, jan/92.



No miolo, temos mais 4 histórias do Cascão: Gentil Cascão, CC #112; Ao gosto do freguês, CC #130; O avarento, CC #132 e Luta de classes, CC #123. 

Temos também duas histórias da Turma do Penadinho: Muminho e a maluquice no hospital, CC #84 e O menino que odiava árvores, CC #79. Outras histórias completam esse gibi, como O compositor (Rolo), E precisa? (Piteco), Pra que deixar pra depois (Chico Bento), Olhos de ratinho (Bidu).

Pra fechar a revista, temos Que sujeira, hein, d. Cremilda, original de CC 114.


ALMANAQUE DO CHICO BENTO 49
Esta revista é a 153º Almanaque do Chico Bento, considerando 8 da Abril, 96 da Globo e 49 da Panini. Tem 9 histórias no total, a maioria da década de 80 e de abertura. A revista começa com Quanta coisa acontece, de CHB #48, nov/88. É uma HQ de 12 páginas, que inclui duas páginas com vários diabinhos, coisa que atualmente é inadmissível na MSP. Só de vermos essa história, já é uma vitória! 




No miolo, temos 3 histórias com secundários: Cuidado com o Grito (Papa Capim), O homem mais rico das cavernas (Piteco), O vendedor (Jotalhão). 

Já histórias com o Chico Bento, temos O pássaro cantor, de CHB #68; Chitãozó e Xorurinho, de CHB #46; O bom português, de CHB #53; Velhos inimigos, de CHB #38. Todas essa histórias citadas foram de abertura de suas respectivas edições.  

A revista termina com O que passou passou, que Chico vai parar na pré-história, contracenando com Piteco. Essa história de 8 páginas é original de CHB #34, a história mais antiga da edição. 

Comentários

  1. Olá, Matheus! por causa desta tua postagem acho que vou acabar comprando esses dois almanaques. Gostei de saber que são ainda de uma era em que a Globo produzia boas histórias. Se não fosse por você, provavelmente essas edições iriam ser ignoradas por mim.

    Obrigado por compartilhar! Um abraço!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Fabiano. Se eu fosse vc, me apressava, pq estas ed. são de janeiro e fevereiro. Nao sei s evc conseguirá encontra-las.

      Obrigado pela visita. Abraços.

      Excluir

Postar um comentário

O Quadrinhada não se responsabiliza pelos comentários aqui publicados. Qualquer informação expressa é de total responsabilidade do autor. Comentários com palavrões serão excluídos.

EM ALTA NA SEMANA

Gibiteca nº13: Turma da Mônica nº 78, e o Parque?

Olá pessoal. Neste domingo (14), daremos continuidade a nossa gibiteca, que nesta postagem falará sobre a revista: Turma da Mônica nº 78, antigo Parque da Mônica.



Porém antes resolvi falar um pouquinho sobre o antigo Parque da Mônica,que funcionou entre os anos de 1993 a 2010, que ficava localizado em São Paulo, no Shopping Eldorado:

"A atração que envolvia os personagens da Turma da Mônica fez tanto sucesso nos anos 90, que acabaram até lançando uma revista em quadrinhos chamada: Revista Parque da Mônica, no qual trazia sempre uma aventura envolvendo a turminha no parque, ou mostrando as novidades entre os brinquedos, peças teatrais, shows."

Em junho de 2013 chegava nas bancas de todo o país a revista Turma da Mônica nº 78, que trazia as seguintes histórias:

Mágicas Do Contra - no qual o personagem Do Contra resolve entrar no ramo da magica, envolvendo os personagens Mônica, Cebolinha e Cascão.

Não consigo dormir - nesta aventura o Anjinho faz de tudo pra conseguir um local p…

Gibiteca nº 4: "A era quinzenal anos 90 da TM" - Parte 1

LUCIANO SILVA DA CRUZ


Olá pessoal. Neste domingo(12) iremos falar sobre os seguintes gibis:


Chico Bento nº 83 - Editora Globo / (Mar-90);



Os 10 anos do Doutor Spam (e Professor Spada)

Há exatos 10 anos, circulava, pelas bancas do Brasil, a revista Mônica #233, ainda na Editora Globo. Nela, ocorreu a estreia do Professor Spada, um professor de informática que tinha um alter-ego: quando ficava muito nervoso, ele se transformava no Doutor Spam, um vilão que sonha em dominar o mundo por meio da informática.

Em sua HQ de estreia (A incrível história do Professor Spada e do Doutor Spam,que já foi republicada em Almanaque da Mônica #29, Panini), o professor é chamado para instalar um computador no quarto de Mônica. Por engano, ela joga o coelhinho no Cebolinha, que acaba acertando o Professor, fazendo com que ele levasse um choque e se transformasse no Doutor Spam, prendendo a turma em sistemas de computador. Só são salvos graças à Bloguinho, que, por meio de um programa anti-spam, faz o vilão voltar a ser o pacato professor de informática.

Professor Spada e seu alter-ego continuam aparecendo nas HQs atuais da TM. Sua última aparição foi em Turma da Mônica #4, publicada …