https://www.google.com/adsense/new/u/0/pub-4945361209107322/home Os Almanaques de nº49 (Parte 2 de 2) ~ Quadrinhada

Os Almanaques de nº49 (Parte 2 de 2)

Como vocês sabem, esse ano eu estou comprando todos os Almanaques. Há umas duas semanas eu terminei de comprar, e por isso estou postando a segunda parte desta série. Para ver a primeira parte, clique aqui.

Na outra postagem, falamos sobre os Almanaques da Monica, Cebolinha e Magali. Hoje, para finalizar, falaremos sobre os Almanaques do Cascão e do Chico Bento, todos de numeração 49, saindo por R$4,90 nas bancas.


ALMANAQUE DO CASCÃO 49
Esta revista é a 157º Almanaque do Cascão, considerando 12 da Abril, 96 da Globo e 49 da Panini. Tem 12 histórias, todas da década de 90. Inicia com a história Depois do banho, com 13 páginas, publicada inicialmente em CC 131, jan/92.



No miolo, temos mais 4 histórias do Cascão: Gentil Cascão, CC #112; Ao gosto do freguês, CC #130; O avarento, CC #132 e Luta de classes, CC #123. 

Temos também duas histórias da Turma do Penadinho: Muminho e a maluquice no hospital, CC #84 e O menino que odiava árvores, CC #79. Outras histórias completam esse gibi, como O compositor (Rolo), E precisa? (Piteco), Pra que deixar pra depois (Chico Bento), Olhos de ratinho (Bidu).

Pra fechar a revista, temos Que sujeira, hein, d. Cremilda, original de CC 114.


ALMANAQUE DO CHICO BENTO 49
Esta revista é a 153º Almanaque do Chico Bento, considerando 8 da Abril, 96 da Globo e 49 da Panini. Tem 9 histórias no total, a maioria da década de 80 e de abertura. A revista começa com Quanta coisa acontece, de CHB #48, nov/88. É uma HQ de 12 páginas, que inclui duas páginas com vários diabinhos, coisa que atualmente é inadmissível na MSP. Só de vermos essa história, já é uma vitória! 




No miolo, temos 3 histórias com secundários: Cuidado com o Grito (Papa Capim), O homem mais rico das cavernas (Piteco), O vendedor (Jotalhão). 

Já histórias com o Chico Bento, temos O pássaro cantor, de CHB #68; Chitãozó e Xorurinho, de CHB #46; O bom português, de CHB #53; Velhos inimigos, de CHB #38. Todas essa histórias citadas foram de abertura de suas respectivas edições.  

A revista termina com O que passou passou, que Chico vai parar na pré-história, contracenando com Piteco. Essa história de 8 páginas é original de CHB #34, a história mais antiga da edição. 

2 Comentarios

  1. Olá, Matheus! por causa desta tua postagem acho que vou acabar comprando esses dois almanaques. Gostei de saber que são ainda de uma era em que a Globo produzia boas histórias. Se não fosse por você, provavelmente essas edições iriam ser ignoradas por mim.

    Obrigado por compartilhar! Um abraço!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Fabiano. Se eu fosse vc, me apressava, pq estas ed. são de janeiro e fevereiro. Nao sei s evc conseguirá encontra-las.

      Obrigado pela visita. Abraços.

      Excluir

O Quadrinhada não se responsabiliza pelos comentários aqui publicados. Qualquer informação expressa é de total responsabilidade do autor. Comentários com palavrões serão excluídos.

Obrigado por seus comentários