Pular para o conteúdo principal

Gibiteca n° 52: Ghost de Cebolinha (CB #83, Editora Globo)

MATÉRIA POR Luciano Silva
IMAGENS: Internet e Luciano Silva

Depois de um longo período de quase 3 meses fora do ar, a nossa "Gibiteca" está de volta, e nesta postagem será feito uma analise da historia "Ghost de Cebolinha ", que saiu na revista do Cebolinha # 83, em Novembro de 1993, custando "Cr$ 200,00" (equivalente a R$5,45 na moeda corrente atual), pela Editora Globo.

Foto do exemplar:


"Imagem retirada da internet"

A história começa com a tradicional perseguição entre a Mônica e o Cebolinha por causa do Sansão, porém nessa vez, quando ela jogou o Sansão em direção ao Cebolinha, o coelhinho dela acaba acertando e derrubando o Cebolinha de um barranco. A partir daí o inesperado acontece, pois ele acaba virando um fantasma, e surge a visita da personagem Dona Morte da Turma do Penadinho, que quer levar o Cebolinha embora com ela. 




No meio da história, a Dona Morte leva o Cebolinha para conhecer de passagem o Inferno e o Céu, pois o personagem ainda não sabe para onde ele vai ser levado, pois ele apronta com a Mônica, porém ele é um grande amigo da turma, e com isso a Dona Morte acaba decidindo que ele vai ir para o Céu. 


No momento da despedida do Cebolinha com a Mônica e do Cascão, que apenas sentem a presença dele como um espirito, a Dona Morte acaba se sensibilizando e acaba dando uma nova chance para o "troca-letras" recomeçar o momento em que ele estava perto do barranco. Desta vez ele acaba se abaixando na hora em que o coelhinho é arremessado, porém a Mônica acaba tropeçando no pé dele e agora é a vez dela cair do barranco.

No meu ponto de vista, esta é uma excelente história, porém, atualmente, é muito difícil ela ser republicada em algum dos almanaques da turminha, devido ao fato de aparecer espíritos, o Céu e o Inferno.

Espero que tenham curtido esta postagem, e até breve com a nossa "Gibiteca".
Um abraço!

Comentários

  1. Uma boa revista, uma boa história. Se vir dando sopa em algum sebo, vou levar.
    Abraços.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Fabiano. Vale bastante a pena conseguir este exemplar do Cebolinha, pois ele é muito bom, não só a HQ de abertura, mas sim o resto da revista também. Esta revista eu consegui ontem em um sebo por dois reais, e olha que a revista estava em bom estado.
      Um abraço!

      Excluir
    2. Pois é! Dá pra achar revistas bem legais em sebos por dois reais ou um pouco mais. Ou seja, não tem muito motivo pra ficar gastando cerca de 30 ou 40 reais numa compra on line por aí. Boa aquisição! Do tempo em que as revistas do Cebolinha eram muito legais.

      Excluir
    3. Infelizmente tem poucos sebos na minha região :(

      Excluir
    4. Na cidade onde eu moro também não tem sebo, mas eu vou nas cidades vizinhas, para poder ir comprar as revistas nos sebos.

      Excluir
    5. Na cidade onde eu moro também não tem sebo, mas eu vou nas cidades vizinhas, para poder ir comprar as revistas nos sebos.

      Excluir
  2. Essa história é realmente muito boa! E é de fato um verdadeiro clássico da MSP. Quem me dera eu ter o gibi original. Pelo menos, essa HQ foi republicada no Almanaque do Cebolinha # 71, de 2002, mas acho que você deve ter razão. Impossível republicarem essa HQ de novo.

    Por isso, fique torcendo pra que, um dia, quem sabe, eu procure esse gibi que eu tanto quero! Abraços!!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Daniel. Eu não sabia que essa HQ tinha sido republicada em algum Almanaque do Cebolinha da era Globo, valeu pela informação. Tomara que você também consiga este exemplar, porque ele vale muito a pena.
      Um abraço!

      Excluir
  3. "custando "Cr$ 200,00" (equivalente a R$5,45 na moeda corrente atual)"

    Gostei disso, então os gibis estão bem mais baratos do q hj. Eu pensava q os antigos eram mais baratos, convertendo para o Real.

    De fato, essa hq é excelente e o gibi todo é muito legal. Abraços

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Pegando um gancho. Em breve o blog vai mostrar quanto custavam os gibis na era Globo, na época do cruzeiro. A nº1 da Monica saiu pelo equivalente a R$6,98. Algumas quinzenais beiram os R$4,00.

      Excluir
  4. corrigindo: estão mais baratos atualmente.

    ResponderExcluir

Postar um comentário

O Quadrinhada não se responsabiliza pelos comentários aqui publicados. Qualquer informação expressa é de total responsabilidade do autor. Comentários com palavrões serão excluídos.

EM ALTA NA SEMANA

Gibiteca nº17: Cebolinha nº 79 é o Escolhido...

Olá pessoal. Neste domingo (28), continuaremos com a nossa caminhada através da nossa gibiteca, que nesta postagem falara sobre a Revista Cebolinha nº 79, que está atualmente nas bancas, custando R$ 3,50.


A revista é composta pelas seguintes aventuras:

O escolhido - onde o Cebolinha encontra um anel que tem como poder, um desejo muito estranho, o que deve ser?

Torcicolo - Titi fica com dor no pescoço depois de olhar rápido para uma, porém ele não vai ser o único a se machucar no final, quem será que vai se machucar também?

A porta - Cebolinha e sua imaginação novamente impedida pela Mônica e suas travessuras.

Mônica e o boi e seu vestido vermelho (história de uma página) - Gostei da cara do Boi nos três quadrinhos.

A pedra que não estava lá - onde Bidu e o Zé Esquecido tentam descobrir como a Dona Pedra sumiu da história.

Irmão - história muito boa, pois meu mostra a turma como irmãos e não apenas como amigos.

Perto da natureza - onde o Papa Capim mostra porque devemos cuidar da natureza.

O…

Gibiteca nº13: Turma da Mônica nº 78, e o Parque?

Olá pessoal. Neste domingo (14), daremos continuidade a nossa gibiteca, que nesta postagem falará sobre a revista: Turma da Mônica nº 78, antigo Parque da Mônica.



Porém antes resolvi falar um pouquinho sobre o antigo Parque da Mônica,que funcionou entre os anos de 1993 a 2010, que ficava localizado em São Paulo, no Shopping Eldorado:

"A atração que envolvia os personagens da Turma da Mônica fez tanto sucesso nos anos 90, que acabaram até lançando uma revista em quadrinhos chamada: Revista Parque da Mônica, no qual trazia sempre uma aventura envolvendo a turminha no parque, ou mostrando as novidades entre os brinquedos, peças teatrais, shows."

Em junho de 2013 chegava nas bancas de todo o país a revista Turma da Mônica nº 78, que trazia as seguintes histórias:

Mágicas Do Contra - no qual o personagem Do Contra resolve entrar no ramo da magica, envolvendo os personagens Mônica, Cebolinha e Cascão.

Não consigo dormir - nesta aventura o Anjinho faz de tudo pra conseguir um local p…

As 100 edições da Magali na Panini

Desde janeiro de 2007, os gibis da Turma vem sendo publicados pela editora italiana Panini. O contrato vai até 2020, por enquanto. É uma parceria boa, porque se olharmos em qualidade de impressão, a Panini é a melhor das editoras que já publicaram as revistas da TM.  Nesta série do Quadrinhada, abordaremos as 100 edições de cada um dos personagens.

MAGALI - A PRIMEIRA EDIÇÃO



Como foi a primeira edição: a revista da Magali de número 1 na Panini foi publicada em janeiro de 2007, com 68 páginas e por R$2,90. Todas as revistas de nº1 tinham o selo "Edição de lançamento", além de um frontispício sobre a mudança de editora. A capa tem Magali falando ao telefone e Mingau dormindo ouvindo música. A revista contém as seguintes histórias:


Toda prova de amor (11 páginas)O sinal (2 páginas)Tina (4 páginas)História de uma página da MagaliUm olhar diz tudo (4 páginas)Um jeitinho novo de pedir (5 páginas)Ajuda certa (2 páginas)O mistério dos irmãos gêmeos do Dudu (27 páginas)
Nesta revista, …