Pular para o conteúdo principal

Quadrinhopédia - Cascão 76

FABIANO CALDEIRA

Deve ser muito difícil elaborar HQs que, aparentemente, deveriam ser mais fáceis, já que não exige-se tanto das características individuais de cada personagem. Uma prova de que é possível encontrar material de qualidade, encontra-se na revista "Cascão 76".

"O TOPETÃO SUJÃO" abre a edição com uma lembrança ao Neymar e aquele seu penteado moicano. Cascão resolve mudar seu cabelo para tornar-se ainda mais popular e acaba caindo em uma armadilha do Capitão Feio que coloca-lhe um dispositivo na cabeça, disfarçado de penteado moderno, que dispara raios de sujeira diante de alguma ação do nosso amigo sujismundo. Vemos Cascão poluir todo mundo, a todo momento, e isso acaba fazendo com que seu dia fique insuportável a ponto do personagem, que não consegue tirar o dispositivo de sua cabeça, resolve suicidar-se. É óbvio que esse suicídio não passa de uma metáfora, "bee"! nao vá bancar "allôka" e pensar que verá um suicídio de verdade em uma historinha da turma da Mônica - "hellooooo!" Deixe de ser muquirana e compre a revista, pois ela saiu há poucos dias e pode ser encontrada em qualquer banca! Então, verá porque encarei o determinado momento como sendo uma espécie de suicídio. O fim não é lá essas coisas, porque a trama ncessariametne precisa terminar com algo que seja uma gracinha, mas é só ignorar isso e terás uma boa aventura que vale toda a revista.

Mas, apesar dela valer toda a revista, há algo mais que despertou-me o interesse. Ainda bem, porque sou pobre e o que mais quero é diversão ao máximo com algo que custa pouco. Em "QUE SAUDADE DO MEU DISCO DE VINIL", seja lá quem for que está por trás da produção desta HQ, merece os parabéns! Além de abordar toda mudança no modo como ouvimos nossas músicas desde os anos 70, os traços do Rolo vão mudando, gradativamente, de acordo com as passagens do tempo. Interessante! Considero como um presente a mim, que desejo encontrar alguns traços assim,  nas revistas atuais.

"A SENHA" fecha a edição, mostrando várias tentativas de pegar o Sansão. Alguns podem achar que o roteiro enche linguiça. Eu gostei! Cebolinha aparece em várias fantasias (no primeiro quadrinho, está fantasiado de Mickey Mouse), e a combinação, com Cascão, de gritar uma palavra qualquer como um código que indicaria a proximidade da dentuça, possibilitou algumas risadas sem o menor esforço. Se isso foi encher linguiça, fizeram de um jeito muito gostoso! 

Parabéns também ao pessoal que dedicou-se à produção de "ABRAÇOS". Ideia muito bem bolada, saindo do padrão convencional que encontramos nas histórias do Penadinho. Adorei esse diferencial! Parabéns!

"NA SEGURANÇA DO MEU LAR", rachei de rir com o diálogo de Cascão e Dudu. Ah, Ah, Ah, Ah, Ah!

Em "TESTADO E APROVADO", Mônica aparece bantendo nos meninos. Ai, caramba!

Cascão 76 contém 68 páginas e custa R$ 3,50. 


www.monica.com.br/mural



Abraços a todos.

Fabiano Caldeira.

Comentários

EM ALTA NA SEMANA

Gibiteca nº13: Turma da Mônica nº 78, e o Parque?

Olá pessoal. Neste domingo (14), daremos continuidade a nossa gibiteca, que nesta postagem falará sobre a revista: Turma da Mônica nº 78, antigo Parque da Mônica.



Porém antes resolvi falar um pouquinho sobre o antigo Parque da Mônica,que funcionou entre os anos de 1993 a 2010, que ficava localizado em São Paulo, no Shopping Eldorado:

"A atração que envolvia os personagens da Turma da Mônica fez tanto sucesso nos anos 90, que acabaram até lançando uma revista em quadrinhos chamada: Revista Parque da Mônica, no qual trazia sempre uma aventura envolvendo a turminha no parque, ou mostrando as novidades entre os brinquedos, peças teatrais, shows."

Em junho de 2013 chegava nas bancas de todo o país a revista Turma da Mônica nº 78, que trazia as seguintes histórias:

Mágicas Do Contra - no qual o personagem Do Contra resolve entrar no ramo da magica, envolvendo os personagens Mônica, Cebolinha e Cascão.

Não consigo dormir - nesta aventura o Anjinho faz de tudo pra conseguir um local p…

Gibiteca nº 4: "A era quinzenal anos 90 da TM" - Parte 1

LUCIANO SILVA DA CRUZ


Olá pessoal. Neste domingo(12) iremos falar sobre os seguintes gibis:


Chico Bento nº 83 - Editora Globo / (Mar-90);



As 100 edições da Mônica na Panini

Desde janeiro de 2007, os gibis da Turma vem sendo publicados pela editora italiana Panini. O contrato vai até 2020, por enquanto. É uma parceria boa, porque se olharmos em qualidade de impressão, a Panini é a melhor das editoras que já publicaram as revistas da TM.  Nesta série do Quadrinhada, abordaremos as 100 edições de cada um dos personagens.

Mônica - A PRIMEIRA EDIÇÃO


Como foi a primeira edição: a revista da Monica de número 1 na Panini foi publicada em janeiro de 2007, com 84 páginas e por R$3,90. Todas as revistas de nº1 tinham o selo "Edição de lançamento", além de um frontispício sobre a mudança de editora. A capa da revista tem Monica e Cebolinha brincando, além do Bidu observando.

A revista traz as seguintes histórias: Lei de Murphy (18 páginas) Na praia (3 páginas) Monicão e o ciumão (9 páginas)Coleções (6 páginas)Tirando fotos (3 páginas)História sem título da Monica (2 páginas)Tudo?! Ou nada?! (4 páginas)Cuidado (3 páginas)História de uma página do PenadinhoAlé…